Aécio e o pó

23 de maio de 2017 Blogue,

Na minha última contagem, Aécio tinha uns 753 mil defeitos como homem público, mas nenhum destes envolvia ele ser (ou não) usuário de drogas.

Vejo amigos progressistas chamando Aécio de “cheirador”, fazendo piada com “carreira”, “pó” etc, e até entendo que alguns talvez façam isso pra contrapor essa suposta conduta privada do senador com o moralismo rasteiro que ele ostenta em público.

Mas, mesmo neste caso, acho que o prejuízo que tais piadas impingem à imagem de Aécio é bem menor que o dano que elas causam ao debate franco e maduro sobre as drogas e à luta por uma política menos repressora.

P.S. Este post trata dos ataques à imagem dele como usuário de drogas, que são os mais recorrentes, e não como suposto participante de redes de tráfico.