O clique

5 de setembro de 2017 #paizices, ,

Lembro que, antes de me tornar pai, pegar um bebê no colo era algo que me dava medo. Medo de não saber segurar direito, de derrubar, de não saber como amparar a cabeça, medo de apertar demais e machucá-lo… e outros mil receios que me passavam pela cabeça toda vez que surgia a oportunidade de tomar um pequenino nos braços, nas casas de amigos ou parentes.

Quando meu menininho nasceu, o que aconteceu com esse medo? Um clique na minha cabeça eliminou instantaneamente qualquer receio e, desde o primeiro instante, pegá-lo no colo com segurança e carinho foi algo natural, simples, espontâneo e instintivo. Foi assim na sala de pesagem da Maternidade, foi assim quando ele foi levado para o CTI Neonatal para tratar uma infecção, foi assim após a vinda para casa, treze dias depois.

De um instante para outro, eu estava tirando selfies com ele, fazendo-o dormir em meus braços, dando mamadeira, embalando, trocando fraldas, brincando, sendo pai com uma desenvoltura que só a Natureza é capaz de assegurar, em milhões de anos de evolução. Ninguém ensina, é algo automático, espontâneo, natural. É maravilhoso ver como a paternidade nos transforma.